Contato
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Insolação: Os Perigos da Exposição Excessiva ao Sol

Insolação: a exposição ao sol por longos períodos do dia oferece graves riscos a saúde. Saiba mais!

Leandro Escobar

Mulher apresentando queimaduras na pele devido a insolação.

Com a chegada do verão e as intensas ondas de calor, é necessário redobrar a atenção nesse período, pois a insolação pode representar sérios riscos à saúde. As altas temperaturas e a exposição excessiva à radiação solar aumentam as chances de lesões e doenças de pele, especialmente em crianças, idosos e pessoas com a pele branca e mais sensível.

A insolação, ou queimadura aguda, ocorre quando a pele é exposta de maneira exacerbada ao sol durante algumas horas do dia. É comum a pele ficar avermelhada, ardida e inchada, sendo esses sinais característicos da insolação.

A insolação é mais do que apenas uma queimadura de sol, e seus danos podem ser terríveis. Em seguida, entenda o que acontece quando o corpo é exposto a quantidades excessivas de radiação solar e formas de prevenção.

Mulher apresentando queimaduras na pele devido a insolação.
Mulher apresentando queimaduras na pele devido a insolação. (Imagem: Canva)

Como o sol causa insolação?

A exposição equilibrada à radiação ultravioleta (UVA) e (UVB) é fundamental para alguns processos biológicos, como a produção de vitamina D, melhora no humor, melhora na qualidade do sono, entre outros.

Entretanto, a exposição prolongada a essa radiação oferece graves riscos à saúde, podendo danificar as células da pele e desencadear respostas inflamatórias, tais como:

  • Manchas na pele;
  • Queimaduras;
  • Envelhecimento precoce;
  • Danos oculares;
  • Impacto na produção de colágeno; e o pior deles, o câncer de pele.

Para minimizar os impactos causados pelos raios (UVA) e (UVB), são necessárias medidas preventivas.

Os sintomas comuns e quando procurar ajuda médica?

Existe uma variedade de sintomas e em alguns casos, a busca por ajuda médica é essencial, confira a seguir:

  • Sintomas graves, como confusão mental, tontura intensa, convulsões, perda de consciência ou dificuldade em respirar.
  • Agravamento dos sintomas, como náuseas, vômitos, dores de cabeça intensas, não melhorarem com medidas simples de resfriamento e hidratação.
  • Quando a pele apresentar sintomas, como vermelhidão extrema, inchaço e bolhas.
  • Desidratação grave, com sinais de boca seca extrema, urina muito escura ou ausência de urina.
  • Pessoas em grupos de risco, como crianças pequenas, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes.

Além disso, pessoas com exposição prolongada aos raios solares e insolação têm maiores riscos de desenvolver câncer de pele.

Como podemos nos proteger contra a insolação?

Felizmente, existem alguns aliados para prevenção contra a insolação, como:

E para pessoas que já estão com insolação?

Neste caso, a hidratação oral é crucial, beber água o suficiente, visto que a desidratação está diretamente ligada à insolação. Ao persistirem os sintomas é fundamental buscar apoio e orientação de um médico.

Como fica a relação entre insolação e exercício físico?

O exercício ao ar livre é uma atividade saudável, mas no período de intenso calor, são necessárias algumas medidas de segurança, veja em destaque:

Mulher bebendo água durante atividade física em horário adequado.
Mulher bebendo água durante atividade física em horário adequado. (Imagem: Canva)
  • Escolha o horário adequado;
  • Beba água suficiente para manter-se hidratado;
  • Aplique protetor solar antes e reaplique durante o tempo de exposição à radiação solar;
  • Dê preferência para locais com sombra;
  • Conheça seus limites; se sentir algum sinal de desconforto, é o momento de parar.

Com essas dicas, certamente, você poderá manter suas atividades físicas diárias de maneira saudável e segura para a sua vida.

Como tratar a insolação?

Se você apresentar sinais de insolação, é importante agir rapidamente para evitar complicações. Aqui estão algumas medidas de tratamento que podem ser adotadas:

  • Retire a pessoa do sol: leve a pessoa para um local fresco e sombreado imediatamente.
  • Hidratação: ofereça líquidos, preferencialmente água, para ajudar na hidratação. Evite bebidas alcoólicas e com cafeína, pois podem contribuir para a desidratação.
  • Resfriamento: utilize métodos para resfriar o corpo da pessoa, como aplicar compressas frias, tomar banho com água fresca ou utilizar ventiladores. Evite água muito fria, pois isso pode causar choque térmico.
  • Vestimentas leves: remova roupas excessivas e vista roupas leves para facilitar a dissipação do calor.
  • Uso de ventiladores ou ar condicionado: se disponíveis, use dispositivos que ajudem a resfriar o ambiente.
  • Descanso: incentive a pessoa a descansar e evitar atividades físicas intensas.
  • Procurar ajuda médica: se os sintomas persistirem ou piorarem, é fundamental procurar ajuda médica imediatamente. Os casos graves de insolação podem exigir intervenção médica.

Educação e Conscientização

Quando combinadas, educação e conscientização têm o potencial de reduzir significativamente os riscos causados pela exposição a radiação solar, promovendo comportamentos mais seguros ao ar livre.

Além disso, a criação de uma cultura e políticas de prevenção em relação à exposição solar contribui de maneira significativa e é essencial para a saúde pública. É de extrema importância priorizar a proteção contra os perigos da insolação e as doenças de pele associadas à radiação solar.

Conclusão

Portanto, ao compreendermos os riscos associados à insolação, torna-se crucial adotar medidas preventivas, como o uso regular de protetor solar, roupas apropriadas e a busca de sombra durante os períodos mais intensos de radiação solar.

Dessa forma, ao incorporarmos hábitos saudáveis e precauções simples em nossa rotina diária, podemos não apenas prevenir a insolação, mas também preservar a integridade da nossa pele e garantir um estilo de vida mais equilibrado. A proteção solar não é apenas estética, mas uma medida essencial para manter a saúde a longo prazo.

Cristão formando em teologia pelo Instituto Mundo Bíblico (Criciúma - SC). Terapeuta Comportamental com formação Master Programação Neurolinguística (PNL), Instituto Isaac Santos. Formação Coach - The Association for Coaching, AC and Sociedade Latino Americana de Coaching, SLAC HEREBY Certifies in PCC® - The European Mentoring & Coaching Council, EMCC and Sociedade Latino Americana de Coaching, SLAC HEREBY Certifies in PCC®. Formação em Hipnose Cínica pelo (Instituto Lucas Naves - Founder of International Mind Training Academy).

Contato